A IDÉIA CENTRAL É QUE QUANTO MAIS DISTANTE O “EU REAL” ESTIVER DO “EU DESEJADO”, MAIS INFELIZ E INSATISFEITO SERÁ O INDIVÍDUO.  


       
 

Atendimento Clínico / Imagem Pessoal

Muito além de características necessárias ao terapeuta segundo a abordagem centrada na pessoa (Carl Rogers): Empatia, Aceitação Positiva Incondicional e Congruência são valores de vida para Marjorie Vicente.

A profissional acredita que no momento da terapia, as três premissas citadas acima reproduzem o que deveria haver em todo tipo de relacionamento, ou seja, se as pessoas se colocassem no lugar umas das outras, aceitassem o outro de forma positiva e incondicional e fossem congruentes neste encontro, os verdadeiros “eus” seriam expressos e as relações seriam mais verdadeiras.

Em um mundo onde a imagem é ao menos a primeira responsável pelo julgamento que nos é feito, se faz necessário que o indivíduo avalie a sua percepção do “eu real” (que nem sempre condiz com a realidade) e que torne o “eu desejado” mais realista e menos idealizado por campanhas publicitárias e ideais de beleza inatingíveis.

A idéia central é que quanto mais distante o “eu real” estiver do “eu desejado”, mais infeliz e insatisfeito será o indivíduo.

Que tal um primeiro teste de auto-conceito?

1. Olhe para você
2. Sorria
3. Elogie-se

Como foi a experiência? Vamos conversar sobre isto!

Como “parceira” do seu cliente, Marjorie Vicente mantém o que é saudável fisicamente e mentalmente como bússola, e as escolhas do cliente, diante do seu conflito, como ponto de partida.

 

 
       
  © Marjorie Vicente - 2010