Duas Facetas de Uma Mesma Mulher

Há 20 anos atrás, Julia Roberts, virou o centro das atenções ao estrelar “Uma Linda Mulher”. No melhor estilo “Complexo de Cinderela”, Vivian Ward (personagem de Julia Roberts) era uma garota de programa, contratada pelo milionário Edward Lewis (Richard Gere) para ser a sua acompanhante ao longo de uma semana de compromissos profissionais. Tal missão lhe proporcionou uma nova forma de se vestir, idas a jantares importantes e estadia em hotel de luxo.

20 anos mais tarde… Julia Roberts dá vida a Liz Gilbert, uma mulher casada e bem-sucedida, enfim, tudo o que uma mulher moderna pode desejar. Verdade? “Comer, Rezar e Amar” prova que nem tanto… a busca por um continente que receba toda a responsabilidade por fazê-la feliz mudou de endereço, deixou de ser o parceiro e voltou-se para o próprio interior. A mulher moderna deseja se auto-conhecer, se amar e ser a sua melhor cia para poder desfrutar e proporcionar o prazer de dividir momentos ao lado de um outro alguém.

Em contrapartida a este avanço da independência feminina, a ditadura da beleza parece continuar aprisionando as guerreiras do séc XXI, e tornando-as vulneráveis a cada nova capa de revista, dieta da moda, novos métodos para promover o rejuvenescimento, enfim, vale tudo para se tornar o padrão estabelecido.

Prova disto, é a nossa celebridade brasileiríssima, Cristiana Oliveira, que também nos anos 90 deu vida a uma personagem inesquecível e que lhe rendeu prêmios no Brasil e no exterior, Juma Marruá, a mulher que se transformava em onça. Cristiana Oliveira, Crica para os intímos, teve que recorrer às antigas garras para lidar com as críticas atuais. A atriz que já foi obesa e chegou a pesar 105 kg na adolescência, pulou dos 61kg para os 76kg nos últimos meses para dar vida a “Araci”, uma detenta barra pesada e homossexual na atual novela das 9 da Rede Globo, “Insensato Coração”.

No lugar da admiração pela dedicação e entrega a personagem, ficaram as críticas… como a própria atriz declarou, a idéia das pessoas ao olharem para ela era de que ela tinha “embagulhado”. Cristiana ainda ganhou 11 tatuagens falsas para compor o visual, o que a fazia chegar até duas horas e meia antes das gravações. A atriz que se dedicou integralmente a uma personagem com participação de apenas 03 meses na trama é a prova da ditadura desumana em que vivemos.

Não defendo uma revolução contra a beleza, mas uma busca pelo que é se sentir bem de forma individual. Cristiana Oliveira declarou ainda que já se submeteu a ditadura da magreza e chegou a pesar 55kg. Era extremamente elogiada nas ruas, mas quando chegava em casa e passava fome, chorava sozinha. Desta forma, achou o seu equilíbrio, os 61kg anteriores a trama.

Não é justo que mulheres que hoje não mais dependem de uma muleta emocional e arriscam casamentos, empregos e o que mais for necessário em busca da própria felicidade, ainda se deixem intimidar em algo tão íntimo e pessoal, o próprio corpo. Pensem nisto!

8 ideias sobre “Duas Facetas de Uma Mesma Mulher

  1. Perfeito seu texto… e a cada década que passa, ao invés desta ditadura ser quebrada, ela se fortalece cada vez mais. Quando é um homem que deve ficar feio para um papel, ele só recebe elogios, por se dedicar ao personagem. Agora, quando é a mulher, são feitos milhares de comentários maldosos (a menos que o patinho feio vire um cisne ao fim da novela).

  2. Acredito que em primeiro lugar temos que nos preocupar com a nossa saúde. Alimentação balanceada, exercícios físicos, respeitar os horários do sono, ir ao médico todos os anos fazer exames de rotina, certamente contribuem para melhorar nossa saúde e também para manter o corpo em forma. A melhor forma de se manter bonita, saúdável e de bem com a vida é fazer coisas prazeirosas, não esquecer do lado lúdico da vida, ter responsabilidade sim, mas também saber relaxar. Ler um bom livro, ouvir boa música, encontrar com pessoas que gostamos, faz muito bem a mente e ao corpo. Ficar refém da ditadura da beleza certamente é um problema! Pois estamos todos num processo de envelhecimento constante, o nosso corpo muda nas diversas fases da vida. O importante é estar de bem com a vida, sem dar tanta importância para o que os outros dizem.

    • Claudia, muito obrigada pelo seu comentario!!! Voce foi muito feliz nas suas observacoes, afinal, nos preocuparmos com a nossa saude e uma prova de que nos amamos e a consequencia disto sera, sem duvida, uma vida mais feliz e um corpo mais saudavel! E quem irradia bons fluidos, so tende a recebe-los de volta! O grande problema e quando a beleza e um fim em si mesma… e nao uma consequencia de um estilo de vida positivo!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>